Bem-Estar

Aprenda a conviver com a Síndrome do Pensamento Acelerado

  • 29/06/2017
  • 0 COMENTÁRIOS

A vida corrida, mil tarefas para poucas horas, dias que passam voando e o turbilhão de aparatos tecnológicos para lidarmos  – e dos quais não conseguimos mais abrir mão. Esses são alguns dos itens que integram o ambiente onde nasce a Síndrome do Pensamento Acelerado – SPA.

Para quem achava complicado lidar com o stress, a depressão ou  síndrome do pânico e nomofobia (medo de ficar sem celular),  agora, é preciso ficar atento à SPA também, que de acordo com especialistas, não é uma doença, mas sim um sintoma vinculado a um quadro de transtorno de ansiedade.

Pesquisas apontam que a SPA atinge principalmente as pessoas que são avaliadas constantemente por conta das suas obrigações profissionais, ou seja, há profissões que são mais vulneráveis, por exemplo: executivos, jornalistas, escritores, publicitários, professores e profissionais da saúde.

Neste cenário, a tecnologia tem forte influência negativa sobre as pessoas, que já se tornaram dependentes da mesma.  Em recente entrevista a revista Em Dia, a Dra. Sylvia Van Enck, integrante do Grupo de Dependência Tecnológica do Instituto de Psiquiatria da USP, esclareceu que: “quando sentamos em frente ao computador ficamos vulneráveis a uma sucessão de estímulos, que começa desde o próprio monitor (com sua luz, som e imagens) até as informações que lemos ao abrir uma página na web”, e completa dizendo que é essencial relaxar antes de dormir: “se ficamos agitados, dificilmente teremos uma boa noite de sono.”

Desta forma, a partir do excesso de informações às quais somos submetidos durante o dia contribui para o surgimento de diversos sintomas, como irritabilidade, insatisfação, dificuldade de concentração, falta de memória, fadiga excessiva, sono alterado e desprazer durante a rotina, isso tudo contribui para o desenvolvimento de uma ansiedade doentia e as mais variadas doenças psíquicas.

Mas calma, nem tudo está perdido. Especialistas afirmam que há tratamento para a SPA e é bem simples: adotar um novo estilo de vida. Como? Acrescentando atividades de lazer na rotina, como: praticar atividade física, adotar uma alimentação saudável, dormir bem, fazer uma pausa para conversar com os amigos, assistir ao pôr do sol, ouvir músicas, ler um bom livro, e principalmente fazer tudo isso sem ficar olhando o relógio.

(Fonte pesquisa/adaptação : BLOG HN: http://www.hospitalnacoes.com.br/2015/04/spa-sindrome-do-pensamento-acelerado/)