Bem-Estar

 Cuide da saúde dos seus olhos!

  • 27/07/2017
  • 0 COMENTÁRIOS

A saúde dos olhos é um tema que deve ser levado à sério todos os dias, mas nem sempre isso acontece.  Para conscientizar a todos sobre a importância deste órgão, foi criado o Dia Mundial da Saúde Ocular, comemorado em 10 de julho.

Segundo especialistas, a falta de cuidados com os olhos podem provocar complicações na visão. Assim, mais do que apenas visitar o oftalmologista, alguns cuidados básicos de rotina podem fazer a diferença na hora de cuidar dos nossos olhos.  Veja como proteger sua visão:

Cuidado com o sol: Reduza a exposição dos olhos ao sol e a muita claridade e use óculos escuros. Não basta usar lentes escuras que não possuam fator de proteção para raios UV. Caso você possua um óculos, mas não saiba se ele tem proteção, algumas clínicas ou óticas especializadas, possuem equipamentos que verificam o fator de proteção presente nas lentes. A exposição em excesso aos raios ultravioletas (UV) pode atuar como agravante no desenvolvimento de doenças como catarata, e a redução da visão decorrente da morte de células da retina. Ao contrário da catarata, que tem quadro reversível, os danos na retina não tem solução.

Evite coçar a região dos olhos: Em um determinado momento, coçar os olhos pode dar uma sensação de alívio. Entretanto, em casos de alergias ou irritações, isso pode piorar ainda mais o quadro. Para evitar ou reduzir a coceira decorrente de clima seco, ou outros fatores externos, hidrate os olhos com colírios lubrificantes. Isso ajuda a manter os olhos sempre úmidos. Para quem possui conjuntivite alérgica, existem opções de colírios antialérgicos com efeitos colaterais reduzidos.

Evite o uso excessivo de colírios: Corticoides em excesso ou se automedicar pode agravar ou iniciar casos de glaucoma e catarata. Consulte sempre o oftalmologista para verificar qual solução é a mais indicada para o seu caso.

Sempre limpe a região dos olhos: Maquiagens podem causar reações alérgicas. Procure marcas de qualidade ou hipoalergênicas de sua confiança para evitar problemas na região dos olhos. Se a maquiagem não for retirada corretamente antes de dormir, os canais de drenagem presentes nos olhos podem entupir, gerando infecções ou terçol (vermelhidão na região da pálpebra que parece com uma espinha).

Use protetor ocular em situações de risco: Óculos de proteção são essenciais para evitar que acidentes aconteçam. Em situações de risco, como manuseio de solda, por exemplo, é essencial seguir a risca a recomendação de prevenção. Entretanto, mesmo em casa, o menor trabalho pode ser prejudicial aos olhos. Não deixe que um acidente aconteça para depois procurar ajuda. Prevenir é sempre a melhor opção.

INVERNO X SAÚDE OCULAR: No período do Inverno, a saúde dos olhos fica ainda mais prejudicada: a baixa umidade do ar, viroses e alergias. A primeira está diretamente relacionada à má lubrificação dos olhos, doença conhecida como olho seco. As viroses, comuns nesta época, pois os ambientes ficam mais fechados podem provocar as conjuntivites virais. Além disso, as alergias tornam-se comuns, devido ao uso de cobertores e blusas muitas vezes guardados ha muito tempo sem lavagem e exposição solar adequada.

De acordo Andreo Parra, oftalmologista do Hospital das Nações, especialista em oftalmologia geral e cirurgia de Catarata e Cirurgia Refrativa, as diversas doenças que podem atingir os olhos atingem determinados grupos: “O olho seco prevalece mais em idosos e usuários de computadores. A alergia em crianças. As conjuntivites virais não escolhem idade”, explica. Segundo ele, a prevenção está em manter boa saúde geral, boa alimentação e ambientes limpos. Isso irá refletir no bem-estar ocular também. “Para evitar as alergias, recomenda-se arejar bem os ambientes, lavar as mãos após brincar com animais; usar cobertores do tipo edredom e evitar cortinas e tapetes. Também ajuda a exposição de roupas, objetos e cobertores ao sol forte”, recomenda. “Os alergias são tratadas com colírio antialérgico e uma atuação forte para combater os sintomas, utilizando colírios ou tratamentos sistêmicos”, comenta.

O tratamento para olho seco, segundo dr. Andreo é inicialmente realizado com lubrificantes em forma de colírios ou géis. “É preciso ter cuidado e atenção para não usar qualquer tipo de colírio. Muitas vezes são mal indicados por vendedores não farmacêuticos nas farmácias. Pergunte ao seu médico qual colírio é mais indicado para seu caso”, orienta.  Outras dicas são: utilizar umidificadores de ambiente, tomar bastante água ao longo do dia, respeitar intervalos no trabalho com computadores, notebooks e celulares, piscar frequente, são alguns hábitos que podem ajudar. “Para tratamento mais especifico, em casos graves, deve ser feito com médico-oftalmologista, ressalta o especialista.

Segundo o oftalmologista, no caso da conjuntivite viral, onde o contágio é por contato direto ou indireto, recomenda-se: lavar as mãos, evitar tocar em objetos usados por alguém tratando conjuntivite, ventilar os ambientes. “Não há um tratamento específico para combater o vírus. A conjuntivite viral, geralmente é causada por adenovírus, que pode causar febre e faringite (dores de garganta) associados. Nestes casos, tratamos o desconforto e os sintomas”, explica.

(Fonte pesquisa: http://www.blog.saude.gov.br/index.php/promocao-da-saude/51271-10-de-julho-dia-mundial-da-saude-ocular ; www.
hospitalnacoes/blog)