Bem-Estar

Consequências das alterações posturais e formas de prevenção e tratamento

  • 25/01/2018
  • 0 COMENTÁRIOS

No dia a dia de trabalho, a correria acaba por nos fazer esquecer de cuidados essenciais para nossa saúde. E um dos problemas que podem surgir são alterações na postura. Por isso, é muito importante estar bem informado sobre as consequências das alterações posturais e também as formas de prevenção e tratamento.

Na fase inicial da alteração postural, o indivíduo apenas relata incômodos estéticos, como a diferença na altura dos ombros ou que os mesmos estão voltados para frente, que está “corcunda” etc. Porém, com o passar do tempo, essas alterações sem tratamento, vão causando dores e sobrecargas no corpo como nas articulações, tendões, discos intervertebrais da coluna, entre outros. A fisioterapeuta Sabrina Pereira explica as consequências destas alterações posturais. “Como consequências, essas alterações podem relacionar-se com as tendinites (inflamações dos tendões), dores na coluna, contratura muscular (excesso de contração dos músculos), cansaço físico, limitação de movimento, fraqueza muscular, flacidez abdominal, e até mesmo favorecer o aparecimento de um desgaste ósseo e uma protusão discal que ocorrem quando algum disco da coluna sai do seu eixo levando a sobrecarga no local, dores irradiadas e restrições nas atividades do dia a dia e no trabalho”.

As dores costumam aparecer principalmente quando pessoa está muito tempo parada na mesma posição ou está em repouso, que é a hora em que o corpo “esfria”, já que durante as atividades do dia a dia nos movimentamos bastante e isso faz com que ative a circulação sanguínea e aqueça o corpo, diminuindo a sensação das dores.

De acordo com a fisioterapeuta, a melhor forma de prevenção é o cuidado da postura no trabalho e durante as atividades do dia a dia, além da prática de atividade física com orientação profissional. “No ambiente empresarial, os funcionários podem fazer a compensação das posturas através da ginástica laboral, oferecendo ao corpo, aumento da circulação, alongamento e fortalecimento muscular, além de estímulos para uso bilateral dos membros e consciência postural”, destaca Sabrina Pereira.

Em casos onde a alteração postural encontra-se mais visível e já apresenta sintomas, é indicado que o indivíduo procure um médico e/ou um fisioterapeuta especializado na área postural para uma avaliação mais específica e verificação do grau do desvio para ser direcionado ao melhor tratamento.

Tratamento

Os principais métodos utilizados para a reeducação da postura são o RPG (Reeducação Postural Global) e o Pilates. O primeiro, é mais específico para a reeducação da postura, trabalhando a conscientização corporal, adaptando os exercícios de acordo com a necessidade de cada paciente e o segundo além das questões posturais, apresenta outros benefícios como conectar o indivíduo com seu corpo e sua mente e trabalhar a força e o equilíbrio corporal. Porém, ambos os métodos apresentam como foco o trabalho respiratório, contraindo a musculatura abdominal continuamente a cada exercício.  Exercícios. “Esses métodos não apresentam contraindicação para mulheres grávidas ou pessoas idosas, apenas é adaptado para a realidade de cada um. Os métodos serão contraindicados se a pessoa estiver apresentando fortes dores agudas, alteração do cognitivo e processos que podem comprometer o seu bem-estar”, explica a fisioterapeuta.

Cuide-se!! A boa postura é muito importante para a saúde em geral do corpo.

Aerobics Pilates personal trainer helping women group in a gym class