Artigos Técnicos

Kevlar: resistência e leveza que conferem proteção e segurança

  • 02/03/2018
  • 0 COMENTÁRIOS

Resistência e leveza. Essas são duas das características que podem resumir os atributos da fibra Kevlar. A peculiaridade dessa fibra sintética faz com que a Kevlar seja muito utilizada em produtos de segurança, na composição de tecidos, capas de smartphones e composição de alguns pneus.

A história da Kevlar tem início na década de 1960. Essa fibra sintética foi descoberta por Stephanie Kwolek, um cientista da empresa norte-americana DuPont, no ano de 1965. A DuPont, uma das maiores empresas da indústria química do mercado global, fez o registro da marca Kevlar e desde 1982 a fibra passou a ser utilizada em diversos produtos. Com sua versatilidade e os atributos de leveza e resistência, essa fibra sintética está presente na composição de roupas dos pilotos de Fórmula 1 e até em peças de aviões.

Em sua composição química, a Kevlar possui características que a diferenciam das demais fibras sintéticas. Uma de suas propriedades é a resistência ao calor. Quando comparada ao aço, a Kevlar se apresenta até sete vezes mais resistente ao calor. Segundo os especialistas, a queima dessa fibra sintética acontece após oito segundos de exposição a temperaturas acima de 1000°C. Dessa maneira, um produto que utilize Kevlar em sua composição terá estabilidade mesmo em altas temperaturas. É por isso que essa fibra sintética está presente em roupas contra incêndio, por exemplo. Ainda sobre sua composição química, a Kevlar é uma para-aramida, que pertence a famílias de nylons, sendo assim, esta fibra sintética é maleável, mais leve, mais fina e mais resistente que seus equivalentes. Esta característica faz com que esta super fibra esteja cada vez mais presente no fabrico de capas de proteção para smartphones.

Por ser resistente, a Kevlar é utilizada em cabos de fibras óticas conferindo força a esses cabos que transmitem dados de áudio tendo como diferencial a durabilidade. Outros produtos que levam Kevlar em sua composição são colchões, air-bags, raquetes de tênis, capacetes e coletes a prova de bala. As forças militares norte-americanas utilizam a Kevlar na composição de seus trajes desde 1980.

kevlar_1

 

Uma super fibra?

 Por estar presente na composição dos tecidos de coletes a prova de bala e por se tratar de um material muito fino, a Kevlar é conhecida também como uma super fibra. Os especialistas explicam através de uma analogia simples que a resistência desta fibra sintética a prova de balas é paralela a cama elástica. Quando essa fibra sintética entra em contato com o objeto, as fibras absorvem e depois dissipam a energia do impacto. Porém, somente uma camada de tecido não é suficiente para garantir proteção. Neste caso, é necessário o uso de várias camadas e também outros materiais para conferir maior nível de resistência ao colete a prova de bala.

Ainda de acordo com os especialistas, por mais que a Kevlar seja apontada como uma super fibra é possível atravessá-la. A distância do disparo e ainda o modelo da arma de fogo utilizada podem penetrar o tecido. Por isso é sempre importante observar os detalhes do produto e o nível de confiabilidade do fabricante.

 

Tecnologia extraterrestre

A Kevlar também é protagonista quando o assunto é curiosidade. Todas as características dessa fibra sintética que a faz ser conhecida como super fibra nada mais é para alguns como tecnologia alienígena. Em 2014, o ex-ministro da defesa do Canadá, Paul Hellyer, muito conhecido pôr em diversas ocasiões falar publicamente sobre a existência de vida extraterrestre, foi entrevistado no programa SophieCo do canal RT sobre o assunto OVNI’s. Ele afirmou que muito do que se vem utilizando no planeta no quesito tecnologia é de origem extraterrestre, inclusive, o Kevlar. “No que diz respeito à tecnologia, eles estão anos luz à nossa frente, e já aprendemos muitas coisas deles. Boa parte do que usamos hoje veio deles, você sabe – luzes LED, microchips, coletes de Kevlar e todos os tipos de coisas que obtivemos da tecnologia deles, e podemos conseguir muito mais também, especialmente nos campos da medicina e da agricultura, se abordarmos a questão de forma pacífica”, disse Paul Hellyer.

Curiosidades à parte, o fato é que a descoberta da Kevlar trouxe solução para produtos relacionados à segurança e cada vez mais itens utilizam esta fibra sintética em sua composição, inclusive os EPI’s (Equipamento de Proteção Individual).

 

Luvas de proteção

Dentre as principais fibras utilizadas pela Luvas Yeling está a Aramida DuPont™ Kevlar® que é utilizada no mundo inteiro por sua resistência natural ao calor e chamas, além de alta resistência a cortes e rasgamento. Este produto é indicado para atividades que demandam proteção mecânica com grau moderado de corte mantendo a destreza ao manuseio de objetos secos, manipulação de objetos quentes, portas de fornos, bandejas, chapas, fabricação de adesivos, manipulação de peças de plástico quentes, trabalho com tubos quentes, trabalho com moldes na indústria cerâmica, trabalho com caldeiras.

kevlar_2

Fontes:
Kevlar – o polímero mais resistente do que aço: http://engenheirodemateriais.com.br/2015/07/14/kevlar-o-polimero-mais-resistente-do-que-aco/
Como o Kevlar para uma bala de arma de fogo:https://www.tecmundo.com.br/curiosidade/20074-como-o-kevlar-para-uma-bala-de-arma-de-fogo.htm
 Paul Hellyer at SophieCo: https://youtu.be/RpoRhxuHIFc